Arquivo de maio, 2012

Quantos DEGRAIS tem esta escada?

Quantos DEGRAIS tem esta escada?

Esta foi a pergunta que ouvi alguns anos atrás em uma obra, durante uma reunião para resolver qual a melhor forma de executar uma escada “dentada”. E adivinha quem fez a infeliz pergunta? O engenheiro, responsável pela execução e gerenciamento da obra! Naquele momento consegui segurar meus “surtos ortográficos”, mas faltou muito pouco para eu soltar uma de minhas pérolas, […]

Leia mais ›
Casas germinadas ou casas geminadas?

Casas germinadas ou casas geminadas?

Casas geminadas (Fonte: Dicas Free) Esta postagem é sugestão de uma aluna que, lamentavelmente, foi vítima de meus “impulsos ortográficos” durante a apresentação de um seminário na última terça-feira. Mas, detalhes a parte, desde minha infância, no interior de São Paulo, sempre ouvi falar de casas “germinadas”, aquelas duas casinhas iguais, geralmente implantada cada uma em meio lote. Porém, sempre […]

Leia mais ›
MENAS só existe se forem duas ou mais Filomenas!

MENAS só existe se forem duas ou mais Filomenas!

(Fonte da imagem: Decifrando a Língua) – Sr. João, por favor, considere menas areia no traço do concreto! Já ouviu algo parecido em uma obra? Se sim, foi lamentável, principalmente se partiu do engenheiro, do arquiteto, do tecnólogo ou do líder. Menas não existe, a não ser que você tenha duas primas com nome de Filomena e se refira a […]

Leia mais ›
Busca no vocabulário da Academia Brasileira de Letras

Busca no vocabulário da Academia Brasileira de Letras

Quantas vezes você já ficou com dúvida sobre como se escreve determinada palavra? Berinjela ou beringela? Lembra-se de ter colocado no Google e ter recebido como resposta a mesma palavra escrita de diferentes formas? Muitos são os dicionários disponíveis na internet. Neste blog, inclusive, tem um que incorporei de outro blog e que tem ajudado muito nas pesquisas rápidas. Mas, […]

Leia mais ›
Voo livre ou vôo livre???

Voo livre ou vôo livre???

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa trouxe mudanças significativas em algumas palavras com as quais tive dificuldades no primário e no ginásio (hoje Ensino Fundamental). Além da vogal dupla, ainda deveríamos acentuar a primeira. Atualmente, de acordo com Tufano (2009), tais palavras não são mais acentuadas. Observe: 1. As palavras terminadas em êem não serão mais acentuadas. Regra antiga: […]

Leia mais ›
MIM não conjuga verbo

MIM não conjuga verbo

Acho que um dos erros mais comuns é usar o pronome MIM como sujeito ao invés do pronome EU. Sujeito, para quem não se lembra, é o termo que faz a ação, ou seja, aquele que tem a prerrogativa de mudar o verbo. Lembra-se da conjugação de verbos que éramos obrigados a decorar na infância? EU faço TU fazes Ele […]

Leia mais ›
Fim do trema (¨)

Fim do trema (¨)

Se algumas palavras já ficaram estranhas sem acento como, por exemplo, ideia, imagine o português sem o trema. É verdade que poucos se lembravam de colocar quando escreviam informalmente, mas nos textos acadêmicos e nos livros o trema estava sempre presente. O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa aboliu o trema (¨), aquele sinal colocado sobre a letra u para […]

Leia mais ›
A importância do uso (CORRETO) da vírgula

A importância do uso (CORRETO) da vírgula

Pode parecer que esse assunto é batido, que não há novidades que valham uma nova leitura atenta… porém, há muita gente – inclusive graduada – que comete erros crassos com o uso da vírgula (ou falta dela). Há um caso verídico, do qual fui testemunha: uma advogada, que tem uma vasta clientela e é muito conhecida, incorreu em um erro […]

Leia mais ›
Algumas observações a respeito da Língua Portuguesa

Algumas observações a respeito da Língua Portuguesa

Observações que podem fazer toda diferença na hora da escrita e da fala. Afinal, quem nunca teve dúvidas? 1. O correto é “a meu ver” e não “ao meu ver”; 2. “Custas” é usado somente na linguagem jurídica para designar “despesas feitas no processo”. Portanto, devemos dizer: O filho vive à custa do pai. No singular; 3. Alface é substantivo feminino. Portanto, “a alface […]

Leia mais ›
Êxito e Hesitar

Êxito e Hesitar

Ontem, li no blog de um engenheiro: Não exite em me enviar qualquer dúvida sobre o assunto… Agora, observe e compare: Se você hesitar, não obterá êxito na conquista de seus objetivos. Percebeu a diferença? O engenheiro confundiu o verbo hesitar (sinônimo de titubear, duvidar) com o substantivo êxito (sinônimo de sucesso, vitória). E, aparentemente, esta confusão ocorre mais vezes […]

Leia mais ›