Casas germinadas ou casas geminadas?

Casas geminadas (Fonte: Dicas Free)

Esta postagem é sugestão de uma aluna que, lamentavelmente, foi vítima de meus “impulsos ortográficos” durante a apresentação de um seminário na última terça-feira. Mas, detalhes a parte, desde minha infância, no interior de São Paulo, sempre ouvi falar de casas “germinadas”, aquelas duas casinhas iguais, geralmente implantada cada uma em meio lote.

Porém, sempre que dizia casas “germinadas”, ouvia minha mãe me corrigindo. É hábito de família, por isso vivo corrigindo meus alunos… Afinal, o que adianta saber desenhar, dominar AutoCAD ou Revit se, no momento da entrevista, disparar “para mim fazer“, “casas germinadas” ou “a escada tem dez degrais“? Eu não tenho “preconceito linguístico” como diria uma conhecida educadora do Ministério da Educação, mas a realidade é que o mercado seleciona e não abre as melhores vagas para profissionais que não sabem se comunicar ou escrever corretamente um simples e-mail.
Voltando à minha mãe, ela me dizia: “Casas geminadas pois são casas iguais, gêmeas…”  
Então, fica aí a dica… as casas não “germinam”, portanto não são germinadas… São geminadas, derivam de “gêmeas”…
Até a próxima!

3 comentários

  1. Anonymous disse:

    Esta sua aluna foi feliz pela correção,certamente nunca mais irá esquecer.Estes dias vi no site de uma arquiteta a palavra germinada no seu portfolio de projetos!

Escreva um comentário