O verbo SOER

Você já ouviu falar nesse verbo? Como se conjuga? E, mais importante: o que significa?
Muito utilizado por eruditos de antigamente, como Camões, hoje em dia parece até que é algo que está errado, ou não existe! Pois em textos cultos ele aparece com alguma regularidade, especialmente na área jurídica.
E aí, já tem alguma ideia do que vem a ser “soer”?
Soer é comumente utilizado como sinônimo de “costumar”!!! Pois é… estranho, não? Também achei muito estranho quando me deparei pela primeira vez com uma frase do tipo:
“Soía fazer frio no Inverno, mas agora nem as aves migram”. – Seria erro de digitação, de acentuação?, pensei…

Não, somente uma construção antiga que, hoje em dia, tornou-se linguagem erudita!!!
Então, para não errar na conjugação do verbo, ele segue a linha dos verbos “moer” ou “roer”, porém,  é um verbo defectivo, ou seja, nem todas as pessoas são conjugadas (como no verbo “abolir”, que não se conjuga na primeira pessoa do indicativo e nas formas dele derivadas – como, por exemplo, o presente do subjuntivo). Assim, para não errar, observe: eu moo, tu móis, ele mói, nós moemos, vós moeis, eles moem – por comparação, vem: (primeira pessoa não se conjuga), tu sóis, ele sói, nós soemos, vós soeis, eles soem.
Veja, contudo, que o verbo soer, na terceira pessoa do plural (nós) se conjuga de maneira igual ao verbo  “soar”, mas na terceira pessoa do presente do subjuntivo.
Fica a dica!

Escreva um comentário