Implantar ou implementar um processo em empresas construtoras?

Já ouvi e li várias vezes sobre implantar e implementar ou, ainda, implantação e implementação de processos (de gestão da qualidade, de gestão ambiental, do 5S, dentre outros) em empresas construtoras ou escritórios de projetos. Mas, afinal, qual é a forma correta?


Inicialmente, vejamos o que diz o Dicionário Aurélio (1999):
Implantar: introduzir; inaugurar; estabelecer, como em “Os colonizadores sempre tentaram implantar seus costumes nas terras conquistadas”; inserir uma coisa em outra; plantar, arraigar, fixar: “A árvore implanta suas raízes na terra”.

Implementar: dar execução a (um plano, programa ou projeto); levar à prática por meio de providências concretas. [Informática]: programar.
A ideia básica da implantação é o verbo iniciar, enquanto a implementação está ligada ao verbo executar. Implantar marca o início de uma ação ou processo, enquanto implementar expressa a continuidade, o prosseguimento. A implantação coloca o usuário frente a uma nova rotina de trabalho ou processo e pode acontecer de forma substitutiva (o novo processo substitui o antigo) ou paralelamente ao processo anterior.  Portanto, a implantação é uma fase do processo de implementação, cujo objetivo é colocar o novo processo em funcionamento e em uso. (PINA, 2012)
Para Chiavenato (2011), “implementação significa colocar os planos em ação. É a fase da execução, do fazer acontecer na administração. A implementação diz respeito às etapas que o administrador leva adiante para conseguir das pessoas a realização dos planos estabelecidos por seu trabalho cotidiano”.
Então, para se implementar com sucesso um novo processo, primeiro é necessário implantá-lo e, em seguida, criar e desenvolver a cultura de seu uso em uma organização. Para isso, é fundamental acompanhar o desenvolvimento diário da equipe, proporcionar treinamentos e, principalmente, convencer que o novo processo trará benefícios concretos para a empresa e, consequentemente, para todos os funcionários.
REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, I. Administração. 4ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011. 411p.

DICIONÁRIO AURÉLIOeletrônico; século XXI. Rio de Janeiro: Nova Fronteira e Lexicon Informática, 1999. CD-rom, versão 3.0. 

PINA, B. Implantação x implementação: você sabe a diferença? Disponível em: <http://www.produzindo.net/implantacao-x-implementacao-voce-sabe-a-diferenca/>. Acesso em: 25 set. 2012.

Escreva um comentário