Artigos por: @dicasportuguesadmin

Voo livre ou vôo livre???

Voo livre ou vôo livre???

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa trouxe mudanças significativas em algumas palavras com as quais tive dificuldades no primário e no ginásio (hoje Ensino Fundamental). Além da vogal dupla, ainda deveríamos acentuar a primeira. Atualmente, de acordo com Tufano (2009), tais palavras não são mais acentuadas. Observe: 1. As palavras terminadas em êem não serão mais acentuadas. Regra antiga: […]

Leia mais ›
MIM não conjuga verbo

MIM não conjuga verbo

Acho que um dos erros mais comuns é usar o pronome MIM como sujeito ao invés do pronome EU. Sujeito, para quem não se lembra, é o termo que faz a ação, ou seja, aquele que tem a prerrogativa de mudar o verbo. Lembra-se da conjugação de verbos que éramos obrigados a decorar na infância? EU faço TU fazes Ele […]

Leia mais ›
Fim do trema (¨)

Fim do trema (¨)

Se algumas palavras já ficaram estranhas sem acento como, por exemplo, ideia, imagine o português sem o trema. É verdade que poucos se lembravam de colocar quando escreviam informalmente, mas nos textos acadêmicos e nos livros o trema estava sempre presente. O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa aboliu o trema (¨), aquele sinal colocado sobre a letra u para […]

Leia mais ›
A importância do uso (CORRETO) da vírgula

A importância do uso (CORRETO) da vírgula

Pode parecer que esse assunto é batido, que não há novidades que valham uma nova leitura atenta… porém, há muita gente – inclusive graduada – que comete erros crassos com o uso da vírgula (ou falta dela). Há um caso verídico, do qual fui testemunha: uma advogada, que tem uma vasta clientela e é muito conhecida, incorreu em um erro […]

Leia mais ›
Algumas observações a respeito da Língua Portuguesa

Algumas observações a respeito da Língua Portuguesa

Observações que podem fazer toda diferença na hora da escrita e da fala. Afinal, quem nunca teve dúvidas? 1. O correto é “a meu ver” e não “ao meu ver”; 2. “Custas” é usado somente na linguagem jurídica para designar “despesas feitas no processo”. Portanto, devemos dizer: O filho vive à custa do pai. No singular; 3. Alface é substantivo feminino. Portanto, “a alface […]

Leia mais ›
Êxito e Hesitar

Êxito e Hesitar

Ontem, li no blog de um engenheiro: Não exite em me enviar qualquer dúvida sobre o assunto… Agora, observe e compare: Se você hesitar, não obterá êxito na conquista de seus objetivos. Percebeu a diferença? O engenheiro confundiu o verbo hesitar (sinônimo de titubear, duvidar) com o substantivo êxito (sinônimo de sucesso, vitória). E, aparentemente, esta confusão ocorre mais vezes […]

Leia mais ›
A nova ortografia e a unificação da Língua Portuguesa

A nova ortografia e a unificação da Língua Portuguesa

O Novo Acordo Ortográfico muda 0,5% do total das palavras usadas no vocabulário brasileiro. Em Portugal, esse percentual sobe para cerca de 1,6% das palavras usadas, o que representa mais que o triplo de alterações. Isso explica a maior resistência dos portugueses na adoção da nova ortografia que, para alguns, é um mero “abrasileiramento” da língua, pois as bases da […]

Leia mais ›
Ideia sem acento?

Ideia sem acento?

Está correto, por mais estranho que possa parecer. O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 2008  eliminou o acento dos ditongos abertos éie ói das palavras paroxítonas (aquelas com acentos na penúltima sílaba, lembra-se?). O mesmo vale para assembleia, paranoia… Realmente será difícil nos acostumarmos com a nova grafia. Veja outras palavras: Regra antiga: platéia, idéia, colméia, boléia, panacéia, Coréia, […]

Leia mais ›
O verbo SOER

O verbo SOER

Você já ouviu falar nesse verbo? Como se conjuga? E, mais importante: o que significa? Muito utilizado por eruditos de antigamente, como Camões, hoje em dia parece até que é algo que está errado, ou não existe! Pois em textos cultos ele aparece com alguma regularidade, especialmente na área jurídica. E aí, já tem alguma ideia do que vem a […]

Leia mais ›
Pára ou para?

Pára ou para?

De acordo com o texto original de Migalhas (2012): 1) Com as alterações de grafia trazidas pelo Acordo Ortográfico de 2008, importa analisar se o acento agudo de pára (verbo) foi abolido ou continua existindo. 2) No passado, a regra era o emprego do acento agudo na forma verbal pára (flexão do verbo parar – ele pára), a fim de […]

Leia mais ›